Click here for Myspace Layouts

Translate

Pesquisa personalizada

quinta-feira, 17 de junho de 2010

IMPETIGO











Doença comum da infância causada por Staphylococcus ou Streptococcus e de alta transmissibilidade.



Impetigo bolhoso: vesículas e bolhas desenvolvem-se em pele normal, sem eritema ao redor. As lesões localizam-se no tronco, face, mãos, áreas intertriginosas, tornozelo ou dorso dos pés, coxas e nádegas. O conteúdo seroso ou sero-pustulento desseca-se, resultando em crosta amarelada que é característica do impetigo. Quando não tratada tem tendência à disseminação. A lesão inicial muitas vezes é referida como se fosse uma bolha de queimadura de cigarro.



Impetigo não bolhoso: geralmente inicia-se com lesões eritematosas seguida da formação de vesículas e pústulas que se rompem rapidamente formando áreas erosadas com as típicas crostas de coloração amarelada. Localizam-se preferencialmente na face, braços, pernas e nádegas. É comum a presença de lesões satélites que ocorrem por auto-inoculação. As lesões do impetigo duram dias ou semanas. Quando não tratadas podem envolver a derme o que constitui o ectima, com ulceração extensa e crosta hemorrágica.
 
Etiologia
 
Staphylococcus aureus (plasmo-coagulase positivo)e Streptoccocus pyogenes, isoladas ou associadas.

Reservatório

O homem e em raras ocasiões, os animais.

Modo de Transmissão

A partir dos focos de colonização das bactérias nas narinas do próprio paciente ou de portador assintomático; 20 a 30% da população geral é portadora de estafilococos coagulase positiva. As mãos são o meio mais importante para transmitir a infecção. A fonte mais comum de propagação epidêmica são as lesões supurativas.

Período de Incubação
Variável e indefinido. Em geral quatro a dez dias.

Período de Transmissibilidade

Enquanto houver Streptococcus, Staphylococcus e/ou lesão, ou Staphylococcus na nasofaringe dos portadores assintomáticos.


Complicações

Glomerulonefrite, septicemias.

Diagnóstico

Clínico e epidemiológico.

Diagnóstico Diferencial

Iododerma e bromoderma, varicela, queimadura e herpes simples.

Tratamento

Remoção e limpeza, duas a três vezes ao dia, das crostas com água e sabão, ou água Dalibour ou permanganato de potássio 1:40.000, ou água boricada a 2%. Em seguida, aplica-se pomada de antibióticos tipo neomicina, mupirocina, gentamicina. Se necessário introduzir eritromicina via oral na dose de 40mg/kg/dia dividida de seis em seis horas; cefalexina 30 a 50mg/kg/dia dividida em quatro tomadas.


Características Epidemiológicas

Doença de distribuição universal, incide com maior freqüência em áreas com precárias condições de higiene pessoal. É mais frequente no verão, ocorre de forma esporádica ou em pequenas epidemias familiares e acampamentos de veraneio.

Medidas de Controle

Higiene pessoal, em especial lavagem de mãos. Tratamento imediato dos casos iniciais. Desinfecção de ferimentos ou machucaduras. Em caso de epidemias dever-se-á impor, principalmente em creches, higiene rigorosa, em especial da lavagem das mãos. Realizar cultura dos contactantes, em creches, para identificação dos portadores assintomáticos em cavidade nasal para tratamento com mupirocina.


CUIDADOS DE ENFERMAGEM

Isolamento.
Uso do EPI

Uso de parâmetros próprios de isolamento.
Rompimento das pústulas com agulha estéril (25x6)
Lavagem com Kmno4(permanganato de potássio)
Uso de pomada de Neomicina(nebacetin)
Antibiótico por via EV, prescrito em casos mais graves, quando ocorrer infecções secundarias
Lavagem das mãos sempre na técnica
Uma boa higienização.

Fonte: http://saude.pr.gov.br/ftp/Hanseniase/guiafinal9.zip 
http://www.pdamed.com.br/downloads/guiafinal9.zip.
http://www.pdamed.com.br/index.php

Nenhum comentário:

Política de privacidade

" O conteúdo das matérias desse portal é de caráter meramente ilustrativo e informativo. Nenhuma informação obtida a partir deste conteúdo , deverá substituir , do ponto de vista ético ou legal , a orientação de um médico ( ou de outro profissional da área da saúde ) , em relação aos aspéctos preventivos, diagnósticos e de tratamento , das diversas doenças ou condições clínicas " .

Não é finalidade deste portal a análise, comentário ou emissão de qualquer tipo de diagnóstico aos usuários, tarefa esta reservada unicamente ao seu respectivo médico de confiança, como também não é finalidade deste portal republicar artigos como sendo de minha própria autoria, ou mesmo para fins lucrativos, comerciais. Este site tem apenas a finalidade de transmitir informações interessantes a leigos e profissionais de saúde como forma de esclarecimento, dando sempre créditos aos seus autores, sem nenhum fins lucrativos.

Tenho referenciado todos os textos com autoria e fonte. Quando possível publico também o site e informações de contato do autor. Se você deseja usar algum texto publicado nesse portal, por favor, referencie. Informe com clareza a autoria e a fonte.






"O futuro pertence aqueles que acreditam na beleza de seus sonhos..."

"Amar ao próximo é amar a si mesmo." Fonte: médicos sem fronteiras.


So Enfermagem

.
Márcia Florêncio. Tecnologia do Blogger.